Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Professores de Caucaia aguardam nova proposta da prefeitura para encerrar greve

Depois de três horas de espera, grevistas foram recebidos pela assessoria jurídica.

Escrito por: Déborah Lima • Publicado em: 28/03/2019 - 18:09 • Última modificação: 29/03/2019 - 10:38 Escrito por: Déborah Lima Publicado em: 28/03/2019 - 18:09 Última modificação: 29/03/2019 - 10:38

. Professores reivindicam 4,17%, mas prefeito Naumi Amorim ofereceu apenas 1% de reajuste

Em greve por melhores salários e condições de trabalho, os professores da rede pública municipal de Caucaia (CE) fizeram uma manifestação na Praça da Igreja Matriz, na manhã desta quinta-feira (28), de onde seguiram em passeata pelas ruas do Centro da cidade até o gabinete do prefeito Naumi Amorim. 

Depois de três horas de espera, uma comitiva de representantes dos trabalhadores foi recebida pela assessoria jurídica da prefeitura. Os grevistas reivindicaram da Administração Municipal a apresentação de uma proposta plausível, capaz de encerrar a paralisação.

Os profissionais querem um reajuste salarial de 4,17%, mas o prefeito acenou com apenas 1% de reposição. A assessoria jurídica adiantou, no entanto, que a Secretaria de Finanças do Município estuda a possibilidade de oferecer um percentual intermediário: maior que o 1% oferecido e menor que os 4,17% reivindicados pela categoria.

Prefeitura promete resposta nesta sexta (29)

O preposto do prefeito assumiu o compromisso de entrar em contato, até sexta-feira (29), com a presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep Caucaia), Maria Santos, e formalizar, por meio de ofício, uma nova proposta. "Aquilo que não puder ser atendido, será justificado", acenou o advogado da prefeitura.

De acordo com a presidenta da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, os professores esperam a apresentação de uma proposta que atenda minimamente as demandas da categoria e que seja capaz de incentivar os profissionais a retornarem à sala de aula na próxima semana.

"Saímos da reunião no gabinete com esperança diante do posicionamento do advogado, que nos colocou que estaria apresentando uma nova proposta até sexta-feira", concluiu Enedina Soares.

Título: Professores de Caucaia aguardam nova proposta da prefeitura para encerrar greve, Conteúdo: Em greve por melhores salários e condições de trabalho, os professores da rede pública municipal de Caucaia (CE) fizeram uma manifestação na Praça da Igreja Matriz, na manhã desta quinta-feira (28), de onde seguiram em passeata pelas ruas do Centro da cidade até o gabinete do prefeito Naumi Amorim.  Depois de três horas de espera, uma comitiva de representantes dos trabalhadores foi recebida pela assessoria jurídica da prefeitura. Os grevistas reivindicaram da Administração Municipal a apresentação de uma proposta plausível, capaz de encerrar a paralisação. Os profissionais querem um reajuste salarial de 4,17%, mas o prefeito acenou com apenas 1% de reposição. A assessoria jurídica adiantou, no entanto, que a Secretaria de Finanças do Município estuda a possibilidade de oferecer um percentual intermediário: maior que o 1% oferecido e menor que os 4,17% reivindicados pela categoria. Prefeitura promete resposta nesta sexta (29) O preposto do prefeito assumiu o compromisso de entrar em contato, até sexta-feira (29), com a presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep Caucaia), Maria Santos, e formalizar, por meio de ofício, uma nova proposta. Aquilo que não puder ser atendido, será justificado, acenou o advogado da prefeitura. De acordo com a presidenta da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, os professores esperam a apresentação de uma proposta que atenda minimamente as demandas da categoria e que seja capaz de incentivar os profissionais a retornarem à sala de aula na próxima semana. Saímos da reunião no gabinete com esperança diante do posicionamento do advogado, que nos colocou que estaria apresentando uma nova proposta até sexta-feira, concluiu Enedina Soares.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.