Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Presidenta da Confetam/CUT ministra formação para servidores de Águas Lindas

Curso de Formação Política e Sindical foi dirigido à nova direção do Sindspmal.

Escrito por: Déborah Lima • Publicado em: 01/10/2019 - 15:16 • Última modificação: 01/10/2019 - 15:52 Escrito por: Déborah Lima Publicado em: 01/10/2019 - 15:16 Última modificação: 01/10/2019 - 15:52

. Vilani Oliveira prestigiou o Curso de Formação Sindical dos servidores públicos do município

A presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Cobfetam/CUT), Vilani Oliveira, participou no último sábado (28) do Curso de Formação Política e Sindical do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Águas Lindas de Goiás (Sindspmal). Dirigido à nova diretoria do Sindspmal, o curso reuniu cerca de 30 dirigentes da entidade para aprofundar estudos sobre a história do movimento sindical.

Durante todo o dia, eles discutiram o advento dos primeiros sindicatos no Brasil, as filosofias que influenciaram as concepções sindicais da época, as primeiras legislações regulamentadoras da organização sindical e o surgimento dos sindicatos dos servidores públicos a partir da Constituição Federal de 1988.

A presidenta da Confetam/CUT assinalou a importância dos sindicatos como instrumentos das lutas gerais do país, como a defesa da democracia, da soberania, das riquezas naturais, do patrimônio da Nação, da educação e do serviço público de qualidade. "Os sindicatos historicamente se envolveram nas lutas sociais pelo fim do capitalismo, por uma sociedade mais justa e igualitária", enfatizou.

Vilani Oliveira também explicou o motivo da perseguição do desgoverno Bolsonaro aos sindicatos. "O governo federal está focado em destruir os sindicatos para consolidar a política neoliberal. Para isso é necessário destruir o principal instrumento de resistência dos trabalhadores".

Ela chamou atenção para a importância da organização sindical dos servidores públicos municipais e apontou a ampliação das bases, a regionalização dos sindicatos e o envolvimento com a população e as forças progressistas da sociedade como saídas para a atual crise das entidades.

"Foi um curso bem importante e participativo, dirigido a uma direção nova sedenta de informação. Assumimos o compromisso de voltar outras vezes para dar continuidade ao processo iniciado agora. Nos dias atuais a formação é imprescindível", destacou Vilani Oliveira.   

Título: Presidenta da Confetam/CUT ministra formação para servidores de Águas Lindas, Conteúdo: A presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Cobfetam/CUT), Vilani Oliveira, participou no último sábado (28) do Curso de Formação Política e Sindical do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Águas Lindas de Goiás (Sindspmal). Dirigido à nova diretoria do Sindspmal, o curso reuniu cerca de 30 dirigentes da entidade para aprofundar estudos sobre a história do movimento sindical. Durante todo o dia, eles discutiram o advento dos primeiros sindicatos no Brasil, as filosofias que influenciaram as concepções sindicais da época, as primeiras legislações regulamentadoras da organização sindical e o surgimento dos sindicatos dos servidores públicos a partir da Constituição Federal de 1988. A presidenta da Confetam/CUT assinalou a importância dos sindicatos como instrumentos das lutas gerais do país, como a defesa da democracia, da soberania, das riquezas naturais, do patrimônio da Nação, da educação e do serviço público de qualidade. Os sindicatos historicamente se envolveram nas lutas sociais pelo fim do capitalismo, por uma sociedade mais justa e igualitária, enfatizou. Vilani Oliveira também explicou o motivo da perseguição do desgoverno Bolsonaro aos sindicatos. O governo federal está focado em destruir os sindicatos para consolidar a política neoliberal. Para isso é necessário destruir o principal instrumento de resistência dos trabalhadores. Ela chamou atenção para a importância da organização sindical dos servidores públicos municipais e apontou a ampliação das bases, a regionalização dos sindicatos e o envolvimento com a população e as forças progressistas da sociedade como saídas para a atual crise das entidades. Foi um curso bem importante e participativo, dirigido a uma direção nova sedenta de informação. Assumimos o compromisso de voltar outras vezes para dar continuidade ao processo iniciado agora. Nos dias atuais a formação é imprescindível, destacou Vilani Oliveira.   



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.