Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Confetam/CUT comemora vitoriosa greve dos trabalhadores da limpeza pública de Florianópolis

Prefeito Gean Loureiro recuou da postura intransigente depois de uma manifestação gigante das famílias dos trabalhadores da Comcap, no último domingo

Escrito por: Confetam/CUT • Publicado em: 01/02/2021 - 17:19 • Última modificação: 01/02/2021 - 17:34 Escrito por: Confetam/CUT Publicado em: 01/02/2021 - 17:19 Última modificação: 01/02/2021 - 17:34

SINTRASEM Tamanho do ato das famílias dos trabalhadores fez prefeito negociar com grevistas

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) saúda os profissionais da Comcap e a direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Florianópolis (Sintrasem) pela manifestação histórica, realizada no último domingo (31), que resultou na retomada das negociações entre a prefeitura e os grevistas da empresa pública responsável pela limpeza da cidade, parados há 15 dias contra a terceirização de parte da Comcap.

O gigantesco ato das famílias dos trabalhadores e trabalhadoras, e de integrantes da população, fez o prefeito Gean Loureiro recuar da negativa de negociar com os grevistas. No mesmo dia do ato, a Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) recebeu a comissão laboral – em pleno domingo à noite.

A greve foi encerrada por decisão de Assembleia dos trabalhadores da Comcap, realizada na manhã desta segunda-feira (01), com o compromisso de que ninguém será punido, ou terá o salário descontado, e de que todos terão assegurado o direito à reposição dos dias parados fora do horário. A PMF também assegurou que a portaria que cria uma comissão para abrir processos administrativos está sendo revogada.

Os trabalhadores saíram da greve com a garantia de estabilidade, o acordo coletivo da Comcap segue em vigência e o Sintrasem teve assegurada a retirada da multa milionária imposta ao sindicato. No entanto, o projeto de Gean Loureiro de privatizar o serviço de limpeza pública de Florianópolis não foi derrubado por inteiro. O Sintrasem alerta que a lei aprovada pela base do prefeito na Câmara Municipal está cheia de incoerências jurídicas.

Para enfrentar as consequências desastrosas da lei e defendermos juntos uma Comcap pública, a Confetam/CUT irmana-se à luta dos trabalhadores, das trabalhadoras e do sindicato! Avante até a vitória!

Fortaleza, 01 de fevereiro de 2021.

Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal – Confetam/CUT

Título: Confetam/CUT comemora vitoriosa greve dos trabalhadores da limpeza pública de Florianópolis, Conteúdo: A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) saúda os profissionais da Comcap e a direção do Sindicato dos Servidores Municipais de Florianópolis (Sintrasem) pela manifestação histórica, realizada no último domingo (31), que resultou na retomada das negociações entre a prefeitura e os grevistas da empresa pública responsável pela limpeza da cidade, parados há 15 dias contra a terceirização de parte da Comcap. O gigantesco ato das famílias dos trabalhadores e trabalhadoras, e de integrantes da população, fez o prefeito Gean Loureiro recuar da negativa de negociar com os grevistas. No mesmo dia do ato, a Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) recebeu a comissão laboral – em pleno domingo à noite. A greve foi encerrada por decisão de Assembleia dos trabalhadores da Comcap, realizada na manhã desta segunda-feira (01), com o compromisso de que ninguém será punido, ou terá o salário descontado, e de que todos terão assegurado o direito à reposição dos dias parados fora do horário. A PMF também assegurou que a portaria que cria uma comissão para abrir processos administrativos está sendo revogada. Os trabalhadores saíram da greve com a garantia de estabilidade, o acordo coletivo da Comcap segue em vigência e o Sintrasem teve assegurada a retirada da multa milionária imposta ao sindicato. No entanto, o projeto de Gean Loureiro de privatizar o serviço de limpeza pública de Florianópolis não foi derrubado por inteiro. O Sintrasem alerta que a lei aprovada pela base do prefeito na Câmara Municipal está cheia de incoerências jurídicas. Para enfrentar as consequências desastrosas da lei e defendermos juntos uma Comcap pública, a Confetam/CUT irmana-se à luta dos trabalhadores, das trabalhadoras e do sindicato! Avante até a vitória! Fortaleza, 01 de fevereiro de 2021. Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal – Confetam/CUT



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.