Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Clique Na Pressão e convença senadores e senadoras a votarem contra a privatização da vacina

Ferramenta permite pressionar senadores pela internet para que eles votem contra o projeto que permite a compra de vacinas por empresas privadas, sem que elas doem doses ao SUS

Escrito por: Redação CUT • Publicado em: 12/04/2021 - 17:16 • Última modificação: 12/04/2021 - 20:01 Escrito por: Redação CUT Publicado em: 12/04/2021 - 17:16 Última modificação: 12/04/2021 - 20:01

REPRODUÇÃO .

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) disponibiliza a ferramenta “Na Pressão”, com a campanha ‘Fila furada é roubada!’ para que a população possa ajudar a defender a vacinação gratuita contra a covid-19 para todos e todas.

Por meio do “Na Pressão”, que pode ser acessado de qualquer lugar pelo celular, tablet ou computador, com apenas alguns cliques os cidadãos e cidadãs poderão pressionar os senadores por meio de mensagens. Pode ser diretamente para Whatsapp, redes sociais (Facebook e Twitter) e e-mail dos parlamentares. Veja o passo a passo abaixo. 

A ideia é impedir a aprovação no Senado Federal, do Projeto de Lei (PL) nº 948/2021, de compra de imunizantes por empresas privadas, sem necessidade de que elas doem 100% das doses ao Sistema Único de Saúde.

O PL já foi aprovado no último dia 7, pela Câmara dos Deputados, e pode atropelar o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a pandemia do novo coronavírus, e ainda privilegiar os mais ricos. Se  aprovado pelo Senado vai à sanção presidencial.

O secretário de Comunicação da CUT Nacional, Roni Barbosa , alerta de que a se o projeto for aprovado, será uma barbaridade que nem os países mais capitalistas do mundo deixaram cometer, para que os mais ricos furem a fila da vacina.

“O Brasil tem o SUS e um Plano Nacional de Imunização que jamais permitiram isso. É preciso pressionar o Senado Federal para que seja rejeitado o projeto que desobriga os empresários que comprarem a vacina contra o Covid-19 , de repassarem as doses ao  SUS”, diz.

Para ele, o uso por empresas da vacina “rouba a vez de quem está na fila para se vacinar”, e complementa: “ veja, em um momento em que a produção de vacina ainda é insuficiente para imunizar a todos, quando alguém usa o poder do dinheiro para comprar a sua vacina, certamente alguém que não tem essa condição deixará de ser vacinado”, ressalta o dirigente.

Passo a passo de como pressionar

Clique aqui e acesse o site napressao.org.br 

2 - veja a campanha ‘Fila furada é roubada!" e clique em "pressionar"

3 - Escolha os senadores na listagem que aparece abaixo:

a) "apoiam o fura-fila" (vermelho);

 b) "indecisos" (amarelo) e;

c) "contra o fura-fila" (verde) 

4- Defina por qual meio deseja pressionar (WhatsApp, Facebook, Twitter ou E-mail) e clique no ícone, logo abaixo da foto do senador.

5 - Uma nova janela será aberta para você enviar a mensagem.

Em poucos cliques você manda o seu recado quantas vezes quiser. Você também pode compartilhar os endereços eletrônicos dos parlamentares com seus amigos e ajudar a pressionar.

Leia Mais: PL que permite aquisição de vacinas pelo setor privado privilegia empresários 

Título: Clique Na Pressão e convença senadores e senadoras a votarem contra a privatização da vacina, Conteúdo: A Central Única dos Trabalhadores (CUT) disponibiliza a ferramenta “Na Pressão”, com a campanha ‘Fila furada é roubada!’ para que a população possa ajudar a defender a vacinação gratuita contra a covid-19 para todos e todas. Por meio do “Na Pressão”, que pode ser acessado de qualquer lugar pelo celular, tablet ou computador, com apenas alguns cliques os cidadãos e cidadãs poderão pressionar os senadores por meio de mensagens. Pode ser diretamente para Whatsapp, redes sociais (Facebook e Twitter) e e-mail dos parlamentares. Veja o passo a passo abaixo.  A ideia é impedir a aprovação no Senado Federal, do Projeto de Lei (PL) nº 948/2021, de compra de imunizantes por empresas privadas, sem necessidade de que elas doem 100% das doses ao Sistema Único de Saúde. O PL já foi aprovado no último dia 7, pela Câmara dos Deputados, e pode atropelar o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a pandemia do novo coronavírus, e ainda privilegiar os mais ricos. Se  aprovado pelo Senado vai à sanção presidencial. O secretário de Comunicação da CUT Nacional, Roni Barbosa , alerta de que a se o projeto for aprovado, será uma barbaridade que nem os países mais capitalistas do mundo deixaram cometer, para que os mais ricos furem a fila da vacina. “O Brasil tem o SUS e um Plano Nacional de Imunização que jamais permitiram isso. É preciso pressionar o Senado Federal para que seja rejeitado o projeto que desobriga os empresários que comprarem a vacina contra o Covid-19 , de repassarem as doses ao  SUS”, diz. Para ele, o uso por empresas da vacina “rouba a vez de quem está na fila para se vacinar”, e complementa: “ veja, em um momento em que a produção de vacina ainda é insuficiente para imunizar a todos, quando alguém usa o poder do dinheiro para comprar a sua vacina, certamente alguém que não tem essa condição deixará de ser vacinado”, ressalta o dirigente. Passo a passo de como pressionar 1 –Clique aqui e acesse o site napressao.org.br  2 - veja a campanha ‘Fila furada é roubada! e clique em pressionar 3 - Escolha os senadores na listagem que aparece abaixo: a) apoiam o fura-fila (vermelho);  b) indecisos (amarelo) e; c) contra o fura-fila (verde)  4- Defina por qual meio deseja pressionar (WhatsApp, Facebook, Twitter ou E-mail) e clique no ícone, logo abaixo da foto do senador. 5 - Uma nova janela será aberta para você enviar a mensagem. Em poucos cliques você manda o seu recado quantas vezes quiser. Você também pode compartilhar os endereços eletrônicos dos parlamentares com seus amigos e ajudar a pressionar. Leia Mais: PL que permite aquisição de vacinas pelo setor privado privilegia empresários 



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.