Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Vence dia 25 prazo para municipais responderem pesquisa da ISP sobre trabalho na Pandemia

Os participantes poderão solicitar um resumo por escrito dos resultados obtidos.

Escrito por: Confetam/CUT • Publicado em: 20/08/2020 - 13:08 • Última modificação: 20/08/2020 - 14:10 Escrito por: Confetam/CUT Publicado em: 20/08/2020 - 13:08 Última modificação: 20/08/2020 - 14:10

. .

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) reforça o apelo para que os servidores públicos municipais brasileiros respondam, até terça-feira (25), a pesquisa da Internacional de Serviços Públicos (ISP) sobre o trabalho durante a pandemia de covid-19.

O objetivo é mapear as condições nas quais atuam trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e do setor privado em suas diversas áreas e modalidades de trabalho (em seu local habitual, em formas mistas ou em teletrabalho).

Com os dados em mãos, a ISP pretende analisar a carga desigual das responsabilidades de cuidados (incluindo os afazeres domésticos) não remunerados e a maior exposição à violência de gênero no contexto da crise sanitária internacional. 

A pesquisa - que faz parte do projeto FORSA (sindicato irlandês parceiro) sobre Violência e Assédio no Mundo do Trabalho - será quantitativa, e é implementada através de um questionário que aborda as seguintes dimensões: características demográficas, condições de trabalho, saúde ocupacional, trabalho de cuidado e violência de gênero no contexto da crise de saúde nos seguintes países: Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, México e Peru.

A orientação é que dirigentes sindicais divulguem o instrumento entre os filiados aos sindicatos e trabalhadores em geral. A pesquisa pode ser respondida clicando no link abaixo. Serão necessários apenas 25 minutos para responder o questionário.

ACESSE A PESQUISA AQUI: http://ispconosur.cl/teletrabajo/

De acordo com a secretaria subregional para Brasil da ISP, Denise Motta Dau, as informações fornecidas serão confidenciais. Ela explica que os participantes podem solicitar um resumo por escrito dos resultados obtidos. Nesse caso, é necessário o fornecimento do e-mail do trabalhador ou da trabalhadora no final da pesquisa.

Título: Vence dia 25 prazo para municipais responderem pesquisa da ISP sobre trabalho na Pandemia, Conteúdo: A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) reforça o apelo para que os servidores públicos municipais brasileiros respondam, até terça-feira (25), a pesquisa da Internacional de Serviços Públicos (ISP) sobre o trabalho durante a pandemia de covid-19. O objetivo é mapear as condições nas quais atuam trabalhadores e trabalhadoras do serviço público e do setor privado em suas diversas áreas e modalidades de trabalho (em seu local habitual, em formas mistas ou em teletrabalho). Com os dados em mãos, a ISP pretende analisar a carga desigual das responsabilidades de cuidados (incluindo os afazeres domésticos) não remunerados e a maior exposição à violência de gênero no contexto da crise sanitária internacional.  A pesquisa - que faz parte do projeto FORSA (sindicato irlandês parceiro) sobre Violência e Assédio no Mundo do Trabalho - será quantitativa, e é implementada através de um questionário que aborda as seguintes dimensões: características demográficas, condições de trabalho, saúde ocupacional, trabalho de cuidado e violência de gênero no contexto da crise de saúde nos seguintes países: Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, México e Peru. A orientação é que dirigentes sindicais divulguem o instrumento entre os filiados aos sindicatos e trabalhadores em geral. A pesquisa pode ser respondida clicando no link abaixo. Serão necessários apenas 25 minutos para responder o questionário. ACESSE A PESQUISA AQUI: http://ispconosur.cl/teletrabajo/ De acordo com a secretaria subregional para Brasil da ISP, Denise Motta Dau, as informações fornecidas serão confidenciais. Ela explica que os participantes podem solicitar um resumo por escrito dos resultados obtidos. Nesse caso, é necessário o fornecimento do e-mail do trabalhador ou da trabalhadora no final da pesquisa.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.